A Semana de Arte Moderna de 1922: condições e desdobramentos

Conferência online:

24.3.2022, 17.00 h (UTC+01, Berlin), via Webex:

A Semana de Arte Moderna de 1922, realizada em São Paulo por iniciativa de artistas, escritores e músicos, foi uma comemoração dissonante no ano em que o Brasil festejou o centenário de sua independência em relação a Portugal. Os participantes da Semana propunham uma ruptura efetiva com a mentalidade colonial e uma atualização diante do novo modo de vida que surgia com a acelerada industrialização da cidade. Para a história literária e cultural, a Semana foi divisor de águas: a partir daí estabeleceram-se novas imagens do que deveria ser a brasilidade, fundadas em processos vanguardistas de experimentação artística. Embora em diálogo aberto e constante com as vanguardas europeias, o salto de qualidade nas elaborações culturais residiu no aproveitamento estético das condições locais e das matrizes afro-brasileiras e autóctones. Em sua palestra a Dra. Laura Gagliardi (Universität zu Köln) apresentará um panorama das circunstâncias histórico-sociais que permitiram a realização da Semana de 22 e seus desdobramentos políticos, bem como obras e autores exemplares.

Ciclo de conferências “Produção de conhecimentos e transferências culturais no contexto transregional”.

Further informations HERE


OpenEdition le sugiere que cite este post de la siguiente manera:
REGARDS CNRS (18 de marzo de 2022). A Semana de Arte Moderna de 1922: condições e desdobramentos. Redial & Ceisal. Recuperado 17 de julio de 2024 de https://doi.org/10.58079/th1n


También te podría gustar...

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.

Buscar en OpenEdition Search

Se le redirigirá a OpenEdition Search